4 dicas de como gerir conflitos no ambiente de trabalho

Quando falamos de conflito temos de imediato uma conotação negativa da palavra, pois seu significado no dicionário já nos remete a brigas, guerras, discussões, etc.
Temos um conflito quando duas ou mais pessoas discordam de um assunto sem chegar a uma conclusão pacífica.
Isso pode ocorrer em todos ambientes, e a necessidade de geri-los de forma saudável é um dos atributos da gestão e do líder atual no ambiente de trabalho.

Listamos a seguir 4  dicas importantes para gerir conflitos no ambiente de trabalho:

1 Entender a singularidade do indivíduo

Cada indivíduo é único, e entender além do contexto da situação de conflito, quais as características dos participantes faz toda a diferença no tratar da solução. Eduardo Carmello fala em seu livro Gestão da Singularidade, que “oferecer práticas de gerenciamento diferenciados, para talentos em níveis diferenciados de entrega, engajamento e conhecimento, aumenta substancialmente seus resultados”, logo, compreender e respeitar a singularidade dos indivíduos na corporação e na vida pessoal nos ajuda a gerir melhor os conflitos e evitar discussões desnecessárias.

2 Agir com neutralidade e serenidade

O responsável por mediar o conflito deve ser o mais neutro possível para colaborar com a resolução amigável da situação gerada. Tendo como partida a observação da situação de forma imparcial, conhecer os participantes e engajamento emocional de cada um.

Não tomar partido até que se tenha as evidências para apresentar a melhor solução trazendo os participantes de forma ativa na consciência e tomada de decisão para finalizar a discussão de forma amigável em prol da empresa e do ambiente antes dos interesses pessoais.

3 Prover tratativas com liderança

A diferença de um líder independentemente do cargo na gestão de conflitos é clara por apresentar os itens anteriores com clareza e chegar a solução rápida da questão sem ônus as partes.

O antigo “chefe” que era o único a ter razão e neste momento dá a última palavra apenas querendo sanar a discussão sem zelar pela integridade das pessoas e empresa não cabe mais na gestão atual.

O gestor ou líder mediador deve ter uma postura firme mantendo a razão acima da emoção com integridade.

4 Promover solução e melhoria contínua

Ir em direção ao resultado que beneficia a todos, o “ganha x ganha” é a melhor solução.

Ter sua singularidade respeitada e saber o espaço que se tem para expor e discutir novos pontos de vista, leva os colaboradores a terem uma postura diferenciada e mais ativa diante aos conflitos promovendo a verdadeira melhoria continua.

“O que os outros fazem pode ser o estímulo para nossos sentimentos, mas não a causa.” Marshall Rosenberg

Buscar o desenvolvimento pessoal colabora para seu movimento no desenvolvimento profissional e  melhores práticas na sua vida e carreira.

Espero que essa reflexão possa colaborar para que você se coloque na condição de mediador seja qual for o tipo de conflito, e desta forma busque o jogo do “ganha x ganha” em qualquer situação.

Deixe um comentário